Romanos 3:16 – Decisão egoísta

Romanos 3:16, “…e para onde quer que vão causam ruína e miséria.” (VFL)

Continuando a citar Isaías, o próprio profeta dos judeus, o apóstolo mostra que a influência desses judeus ímpios (nem todos foram infiéis, como Isaías). Em vez de ser um exemplo de piedade e levar outros à obediência, foi um prejuízo espiritual para aqueles em contato com eles.

Deus fez Israel para ser uma luz para um mundo perdido. Em vez disso, a maioria do chamado “povo escolhido” escolheu imitar a idolatria das nações ao seu redor. Assim como os gentios ímpios que Israel condenou, os judeus eram tão ou até mais culpados, pois repetidamente lhes era dada a oportunidade de mais conhecimento de Deus.

E o pecado deles não se limitou a eles. Espalharam por onde passaram. A este respeito, eles eram tão culpados quanto os não-judeus. Como vimos dois capítulos antes, Paulo conclui sua revisão da necessidade que os gentios tinham do Evangelho com as palavras “Embora conheçam o justo decreto de Deus, de que as pessoas que praticam tais coisas merecem a morte, não somente continuam a praticá-las, mas também aprovam aqueles que as praticam.” (1:32). Desde a criação da humanidade, Deus espera que cuidemos do bem-estar uns dos outros. Vamos não ser como Caim, que foi culpado da destruição de seu irmão por sua decisão egoísta.

Veja outros textos:

Conheça os nossos cursos online:

A Escola da Bíblia oferece diversos cursos online. Clique aqui para ver todos.

Receba notícias por email:

Sua informação está segura.

Veja outros textos:

CURSO GRATUITO!!!

Temos um curso online e gratuito para você! Clique no botão abaixo para saber mais: